EPIDEMIA DE DENGUE SERÁ DEBATIDA EM COMISSÃO

Nessa quinta-feira (28), a Comissão de Seguridade Social e Família reúne especialistas em uma audiência pública para discutir a epidemia de dengue no País e o desenvolvimento de vacina contra a doença. O encontro será às 9h30, no plenário 7 da Câmara dos Deputados. Membro titular da comissão, o deputado federal Sérgio Reis (PRB-SP) participará do debate. Ele é um dos parlamentares mais assíduos nas reuniões da Comissão de Seguridade e tem interesse especial sobre o tema, já que a saúde é sua principal bandeira como deputado.

Sérgio Reis afirma que o avanço contínuo da dengue no País é um fator preocupante, e que as autoridades de saúde como um todo precisam agir com rapidez e precisão no combate ao mosquito Aedes Aegypti, para evitar que a população seja penalizada. E também defende mais investimentos governamentais nas ações de prevenção. “Não dá pra ficar remediando num assunto dessa importância. A dengue parece simples, mas é uma doença perigosa, e está fazendo muitas vítimas. Precisamos encontrar uma solução, porque o povo não pode continuar sofrendo como está”, diz ele.

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de casos saltou de 626 mil no boletim anterior, que ia até o dia 11 de abril, para 745 mil, número registrado até o dia 18 de abril. O número de pessoas infectadas aumentou nos estados de São Paulo, Goiás, Minas, Paraná e Pernambuco. Só em São Paulo, mais de 400 mil pessoas tiveram dengue este ano. Mais da metade dos casos no país inteiro.  Só na capital, mais de 60 mil pessoas tiveram dengue.

Estudos de pesquisadores acadêmicos, indústrias farmacêuticas e órgãos como o Instituto Butantan, em São Paulo, e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, apontam para a criação da vacina ainda este ano.  Em 5 capitais brasileiras ( Campo Grande, Fortaleza, Goiânia, Natal e Vitória) já estão sendo feitos testes em seres humanos da vacina contra a dengue. Os dados serão analisados em conjunto com os de outros países latino-americanos e asiáticos, onde a dengue também é uma epidemia. Em testes anteriores, o medicamento tem se mostrado seguro para a saúde.

Foram convidados para audiência pública,  o coordenador-geral do Programa Nacional de Controle da Dengue do Ministério da Saúde, Giovanini Evelim Coelho; o diretor-presidente substituto da ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Ivo Bucaresky; o diretor da Divisão de Ensaios Clínicos e Farmacovigilância no Instituto Butantan, Alexander Precioso; e a representante da empresa Sanofi Pasteur, Lúcia Bricks.

Com informações da Ascom/CSSF

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fale com o Serjão

Deixe aqui sua mensagem para o Serjão

Enviando

©2018 Sérgio Reis

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account