SÉRGIO REIS APOIA REAJUSTE NAS APOSENTADORIAS

A preocupação com os mais carentes, os doentes, as crianças e os idosos sempre norteou a vida do cidadão e do artista Sérgio Reis. Serjão, como é chamado carinhosamente no meio artístico, é conhecido por ter um grande coração, por se engajar em causas sociais e ajudar o próximo, sem nunca fazer alarde nem propaganda. Assim tem sido, aliás, sua luta em apoio ao Hospital do Câncer de Barretos, uma referência no tratamento da doença no Brasil. Essa mesma postura ele está demonstrando agora como parlamentar, ao abraçar causas sensíveis como a defesa da Saúde e do Idoso.

Na Comissão de Seguridade Social e Família, da qual é membro titular, ele votou pela aprovação do Projeto de Lei 7.941/10, que reajusta em 10% (dez por cento) as aposentadorias mantidas pela Previdência Social, a partir do dia 1º de janeiro de 2011. Em sua avaliação, a proposta é uma forma de corrigir as distorções nas aposentadorias, cada vez mais defasadas em relação aos demais assalariados.

“O valor que é pago hoje a um aposentado é uma miséria, não dá para pagar nem os remédios que ele usa no dia a dia. E isso é preocupante, porque é justamente o período da vida em que o cidadão mais precisa de apoio e qualidade de vida”, diz.

Site2Sérgio Reis também está integrando a Frente Parlamentar Mista do Envelhecimento Ativo, lançada na quarta-feira (13). Com mais de 240 membros, o colegiado pretende traçar um mapa sobre a situação dos idosos em todo o País, discutir e acelerar projetos que amparem, valorizem a saúde e assegurem direitos às pessoas idosas. Os trabalhos estão sob a presidência da deputada Flávia Morais (PDT-GO).

Ao justificar sua decisão de integrar a Frente Parlamentar, o deputado fez um relato emocionado da sua trajetória de vida, dos problemas de saúde que enfrentou e da permanente disposição para o trabalho, mesmo aos 74 anos de idade. “Eu sou uma máquina de trabalhar. Não paro um só dia”, brincou, acrescentando que é preciso um esforço conjunto de todos os deputados e senadores para melhorar a vida dos aposentados.

“Temos que fazer muitas coisas pelos nossos idosos. Eles já deram suas vidas e sua força de trabalho pelo País, agora é a hora de retribuir a isso tudo. Nós temos que nos doar ao próximo. Eu estou bastante feliz por estar participando desse debate”, concluiu.

Fotos: Douglas Gomes/PRB

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fale com o Serjão

Deixe aqui sua mensagem para o Serjão

Enviando

©2017 Sérgio Reis

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?